Melasma: tudo o que você precisa saber!

Beleza, Blog

Hoje temos uma colaboração mais que especial – A Dra. Michele Barros, minha médica, especialista em Dermatologia, que tem uma das agendas mais disputadas da Região Oeste do Paraná, escreveu com exclusividade para as leitoras do Truque Feminino um artigo sobre melasma!

O tema foi escolhido de acordo com uma enquete que fiz na fan page do blog. As temidas “manchas” ficaram entre os assuntos mais pedidos. Agora é com a Dra. Michele, ela vai dar dicas importantes para quem sofre desse mal e também sobre a sua prevenção.

Melasma-como-tratar
Foto: reprodução

É um grande prazer estar repassando algumas dicas dermatológicas para todas vocês que curtem o blog da Ju.

Nosso primeiro assunto é o MELASMA, uma mancha acastanhada que acomete muitas mulheres e alguns homens, localizada principalmente em face (fronte, malar, supra labial). O melasma é um problema estético que entristece e altera psicologicamente muitas pessoas.

Qual seria sua causa?

Ainda não foi esclarecida totalmente, mas a genética individual e a exposição solar cumulativa são os principais fatores causais. Outros podem atuar piorando como: fatores hormonais (gestação, anticoncepcionais, doenças da tireóide), medicamentos fototóxicos.

O objetivo do tratamento é prevenir o aumento da mancha e tentar reduzir seu tamanho. Ainda não há uma CURA específica e milagrosa para essa mancha. Seu tratamento é difícil e crônico. Mas, com persistência e determinação podemos amenizar a situação e termos bons resultados em muitos casos!

Então, deixo algumas dicas de prevenção e que auxiliarão no tratamento do melasma:

• A dica mais importante: EVITE o sol! Sei que é difícil. Ir à praia ou piscina e ficar tomando um solzinho pode ser tentador. Mas, se você quer se livrar dessa mancha, não dá para ficar bronzeada! E não adianta dizer que colocou uma toalha na face ou que passou um filtro poderoso. Mesmo assim você irá pigmentar ao sol. Então, fique exposta o mínimo possível e com a máxima proteção (filtro, chapéu, guarda-sol) para curtir momentos de alegria.

• Utilize SEMPRE protetores solares de amplo espectro (faca chuva ou sol, dentro ou fora de casa). Dê preferência para protetores solares com FPU (ou FPS) maior ou igual a 40, PPD (proteção contra UVA) elevado e com cor de base. Assim você estará mais protegida (contra UVB, UVA e luz visível ) e com as manchas disfarçadas pela base. O ideal é utilizar o protetor 3x ao dia. Uma boa dica é ter sempre em mãos um pó compacto com fator de proteção para possíveis retoques.

• Saiba aplicar uma base ou corretivo de maneira adequada. Acreditem, há muitas mulheres lindas que disfarçam suas manchinhas com uma boa e impecável maquiagem.

• Use cremes clareadores na face o ano inteiro, no inverno ou verão. Para isso temos substâncias específicas e indicadas para cada época do ano. É um grande erro não tratar o melasma no verão. Tem surgido muitos novos clareadores, o arsenal terapêutico atual é vasto. Podemos fazer uma série de combinações de clareadores para obtermos melhores resultados.

• EVITE tratamentos intempestivos com substâncias muito agressivas. Pode ocorrer uma hiperpigmentacão pós-inflamatória (você mancha mais) no melasma.

• Boa alimentação ajuda na fotoproteção. Ingira frutas cítricas, tomate, mirtilo, uva, vinho tinto (pouquinho, hein?), chá verde, pepino, brócolis, azeitona, peixes. Esses alimentos possuem antioxidantes e substâncias que auxiliam na proteção solar. Além disso, seu médico dermatologista poderá prescrever FOTOPROTETORES e ANTIOXIDANTES orais que atuam de maneira sinérgica aos cremes clareadores.

• E por fim, uma pergunta muito comum em meu consultório: não existe algum LASER ou Peeling que retire essa mancha de uma só vez?

Existem Peelings químicos que podem auxiliar no tratamento, principalmente para casos de melasma refratário ou recorrente de difícil controle. Mas, sempre realizado com muita cautela para não piorar a pigmentação. Quanto aos  LASERs, tem sido muito estudados  e podem também ajudar. Porém, é bom alertar, nem todo LASER funciona para o melasma. A luz pulsada e o CO2 mostram resultados controversos (casos de melhora e outros de piora conforme a energia utilizada). Estudos apontam até o momento que os mais seguros seriam o LASER Q switched e o Erbium fracionado e são necessárias várias sessões.

Espero ter esclarecido algumas dúvidas de vocês. Para quem não tem o melasma, previna-o! E para quem tem, não desanime! Siga essas dicas e procure um tratamento apropriado. Lembre-se que a maioria dos pacientes melhoram com o tratamento e se sentem mais felizes!

Dra.-michele-barros-cascavel-PR-dermatologista

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário, vamos amar!

8 comentários

  1. Renata - em -

    Por isso o truque é o meu blog preferido! Sempre ouvindo suas leitoras.
    Adorei as dicas. Beijos

    » Responder
    1. Ju Araujo respondeu - em -

      Oi Renata,
      Que comentário, mais fofo! Adorei!!!
      Beijos.

      » Responder
  2. Camile Alves - em -

    Ótimas dicas… não sabia nem metade dessas coisas!
    Preciso dessa médica, já :)
    Beijos.

    » Responder
    1. Ju Araujo respondeu - em -

      Oi Camile,
      A Dra. Michele é ótima! Beijos.

      » Responder
    2. Jurandir Zampieri respondeu - em -

      Oi Ju, a Dra Michele é excelente sou grato por ser paciente dela, muito competente e atualizada

      » Responder
      1. Ju Araujo respondeu - em -

        Olá, Jurandir.
        É uma satisfação ter as dicas da Dra. Michele aqui no Blog.
        Obrigada pela visita!

  3. joseli claudina da rosa - em -

    Muito obrigada por tirar nossas dúvidas sobre o melasma! adorei a matéria. Parabéns me orientou bastante! amei…. bjos!!!

    » Responder
  4. isami ferreira - em -

    tenho melasma a muito tempo estou usando hidroquinona,spectraban protetor solar ,e o resultado é muito lento as outrras pomadas são caras queria outras opções .

    » Responder